.Diana

.Março 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
25
26
27
28
29
30
31

.pesquisar

 

.posts recentes

. Licenca Internacional de ...

. Cruzeiro Com a Host Famil...

. Voltei para ficar

. Sonho realizado #3

. Prendinha da Host Family

. Diferencas Culturais #2

. Nao vivo sem #2

. A minha nova casa

. Participacao no Blog S.O....

. Nao vivo sem #1

.arquivos

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

.Visitantes

Visit http://www.ipligence.com

.Visitas ao Blog

Website Traffic Counters
Dell Coupon Codes
blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 31 de Março de 2009

1º dia Voluntariado

Ontem foi o primeiro dia, das cercas 200h que ainda tenho que fazer.

 

Todas as educadoras foram muito simpaticas, prontas sempre a ajudar e explicar sempre que eu tinha alguma dúvida.

 

Estive na sala do 1º ano. Apesar de serem super  irrequietos eram uma ternura que só vendo. Sem me conhecerem agarraram-se logo e por vezes davam mais atenção a mim do que propriamente às educadoras.

 

Mas, ontem quando sai estava com um dor de cabeça enorme e hoje de manha quando acordei nem me consegui levantar. Fiquei constipada e não pude ir porque podia passar para as crianças a constipação.

 

Mas amanha espero já estar 5 estrelas e voltar para aquelas fofuras.

 

Nos EUA não vou querer tarabalhar com crianças abaixo dos cinco anos, porque assim não iria ter hipotese de estudar. Passaria o dia todo a cuidar deles, para além de que o vocabulário ainda não é muito extenso e isso também não~abona nada a meu favor. Quero é falar para desenvolver a lingua.

 

Por isso apenas crianças já na escola primária são bem-vindas.

 

 

sinto-me: constipada
publicado por Diana às 17:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 29 de Março de 2009

E a familia? E o namorado?

Quando soube deste programa o meu pensamento, para além, claro, de começar a sonhar com os EUA ,  pensou logo na minha familia e namorado.

 

Com a familia é mais facil, eles sabem que nao posso ficar para sempre debaixo das saias da mae. Tenho de tomar o meu rumo. Para além disso nunca foi segredo para ninguem, que desde que me conheço tenho um fascinio enorme pela cultura e povo americano.

 

Quando era mais nova (cerca dos 16 anos) eu sonhava acordada, via-me a viver em casas tipicas americanas, a ir para a escola em bus amarelos, passear por Hollywood, enfim daria tudo e mais alguma coisa para viver lá. Até houve uma altura em que pedi aos meus pais para deixarem tudo aqui e imigrarem para os EUA.

 

Os meus pais, principalmente a mimnha mae são muito pegados a terra, não anseiam conhecer alem-fronteiras. Ora eu sou completamente o oposto, quero sair da terrinha, viajar, conhecer sempre mais.

 

Quando falei com eles acerca da minha ideia em ser Au Pair, os meus pais nem se opuseram demasiado, nem mostraram muto interesse. Porque lá no fundo eu sei que eles pensam que isto vai ser passageiro e que até ao dia da entrevista (18 de Abril) irei conseguir arranjar trabalho. Pouco falam no assunto e eu compreendo.

 

Em relação ao meu amor, o problema é maior. Ele não está a gostar nada desta minha ideia, e amaldiçoa o dia em que fomos a Exponor e eu tive conhecimento do Programa.

Já namoramos á quase 2 anos ( 3 de Abril) e é com ele que quero viver.

 

Mas qualquer coisa dentro de mim me diz que eu devo seguir o meu sonho, nao sei bem explicar, mas sinto que se isto se atravessou no meu destino (não fui eu que fui procurar), entao eu devo seguir. Irá ser uma experiência maravilhosa, com dias bons e dias  menos bons, mas que no final irei amadurecer e irei recordar para sempre.

 

So espero que o meu amor espere por mim e não se zangue, até porque o tempo passa rapido e já falei com outras au pairs cujos namorados as foram visitar. Ai isso seria ouro sobre azul.

 

Vou ter saudades? Claro que vou!

Mas sinto que devo seguir o meu coração e ele diz-me para ir, porque só me trará coisas boas!

 

 

 

 

 

 

sinto-me: cada vez mais apaixonada
publicado por Diana às 12:41
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Março de 2009

Onde gostaria de viver por 12 meses!

 

A familia que me escolher (e eu a ela) pode ser de qualquer estado , mas não me importava nada que fosse:

  • California
  • Washington
  • Nova Iorque
  • Pensilvania
  • Rhode Island
  • New Jersey

Gostava de ficar numa zona urbano (não em demasiado), perto de Universidades (porque o meu objectivo também e estudar).

Não é que não goste de viver no campo ou numa zona menos urbana (muito pelo contrário), mas pelo que sei por outras Au Pairs quando se está em locais assim, há pouco para fazer.

Não quero passar o dia todo enfiada em casa.

 

Mas qualquer familia é bem-vinda

sinto-me: sonhando
publicado por Diana às 15:30
link do post | comentar | favorito
|

Voluntariado? Check!

Correu tudo lindamente no Infantário, foram super simpáticos comigo.

Mas fazer voluntariado ñão é assim tão simples, não se chega lá e pronto. Primeiro falei com a Directora e depois falei com o Padre (porque aquilo para alem de infantário também é lar de 3ª idade, da qual faz parte a igreja daqui da Paroquia:)).

 

Deram-me os Parabéns por ir embarcar nesta aventura, uma até chegou a dizer que se tivesse a minha idade iria também.

 

Como ainda não sei qual a faixa etária das crianças com que vou ficar, irei começar pelos bebés e terminarei com os meninos de 12 anos.

 

Vou começar na 2º feira, dia 29 de Março e fico lá até ao final do mês de Abril. Assim consigo fazer as 200h que são necessárias.

 

Ah claro, não esquecer de levar a minha maquina fotográfica, as fotos com a criançada toda vão servir para construir o album para a minha futura hostfamily.

sinto-me: encaminhada
publicado por Diana às 14:53
link do post | comentar | favorito
|

Voluntariado com crianças

Andava por aqui sem fazer nada (vida de recèm-licenciada sem emprego) e decidi vir aqui um bocadinho.

Daqui a pouco vou ao infantário para ver se me aceitam no voluntariado. Espero que sim. É uma forma de ganhar experiencia e de me sentir util, porque isto de estar em casa sem fazer nada, sempre a pensar como será a minha vida nos EUA está a dar comigo em doida.

 

Mais tarde irei fazer um post acerca da reacção que os meus pais e namorado estão a ter perante a minha suposta decisão.

 

 

 

sinto-me: ansiosa
publicado por Diana às 10:04
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Março de 2009

Experiência com crianças? Zero

Um dos requisitos para se tornar Au pair é possuir no minimo 200h de experiencia com crianças.

 

E quantas horas eu já tenho? Nenhuma! A verdade é que a minha familia é muito pequena, só para ter a noção apenas tenho um primo (com 16 anos) e o resto é tudo gente grande. Por isso a minha experiencia com crianças e nula.

 

Assim, ontem decidi ir ao Infantario perto de minha casa para ver se podia fazer voluntariado, mas ainda nao me deram resposta e fiquei de ir lá amanha para saber qual a decisão. Espero que aceitem, nao têm nada a perder, nao vao ter que me pagar nada e quanto mais gente a ajudar melhor.

 

Meninas que são ou estão a pensar ser Au Pair deixem comentarios, para nao me sentir tão só nesta minha caminhada

 

 

publicado por Diana às 21:54
link do post | comentar | favorito
|

Ultimato

Impus a mim própria uma data - 18 de Abril de 2009, dia em que vou ter a entrevista com um agente da Multiway. Se ate lá não conseguir encontrar emprego, inicio o meu processo para me tornar Au Pair nos EUA.

 

publicado por Diana às 19:49
link do post | comentar | favorito
|

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

.links